Aviso aos navegantes:

"Aqui a casa é ventilada, o coração é quente e as vontades têm a temperatura exata para os sonhos."
Fique à vontade, leve um pouco de mim, deixe um pouco de você. Comente!

Em estado de plenitude ...


Nuvens de outono.... tudo em movimento de transformação...inclusive EU !!!


" Nossa existência é transitória como as nuvens do outono.
Observar o nascimento e a morte dos seres 
é como olhar os movimentos da dança.
A duração da vida é como o brilho de um relâmpago no céu,
tal como uma torrente que se precipita montanha abaixo."
(BUDA)

Tempo...reflexões e o Dia das Mães !!!! :)

Tempo....
(...) Se o tempo não existe, eu existo.
     Se o tempo não passa, eu passo.
E não é só o espelho que me dá certeza disso.
     O tempo interfere no meu olhar.
O tempo ajustou minhas retinas e deu proporção às minhas ilusões.
A interferência do tempo atinge minhas emoções.
Hoje revejo essas pessoas, e a sensação que me causam
não é nem um pouco desafiadora.
E mesmo os que amei já não me provocam perturbação alguma,
apenas um carinho sereno.
Me pergunto como é que se explica que sentimentos tão fortes
como o medo, o amor ou a raiva se desintegrem.
(...) Talvez seja essa a prova da sua existência:
o tempo altera o tamanho das coisas.
Uma rua da infância, que  exigia muitas pedaladas para ser percorrida,
hoje é atravessada em poucos passos.
A gente vai crescendo e vê tudo do tamanho que é,
sem a condescendência da fantasia.
Todo aquele espaço da infância, em que cabia com folga
nossa imaginação e inocência,precisa hoje se adaptar ao micro,
ao mínimo, a uma vida funcional.
Eu cresci. Por dentro e por fora (e, reconheço, pros lados).
Sou gente grande, como se diz por aí.
E o mundo à minha volta, à nossa volta, virou aldeia, somos todos vizinhos, todos vivendo apertados, financeira e emocionalmente falando.
Saudade de uma alegria descomunal, de uma esperança gigantesca,
de uma confiança do tamanho do futuro 
- quando o futuro também era infinito à nossa frente.
(Martha Medeiros)