Aviso aos navegantes:

"Aqui a casa é ventilada, o coração é quente e as vontades têm a temperatura exata para os sonhos."
Fique à vontade, leve um pouco de mim, deixe um pouco de você. Comente!

Falei...falei ....falei....blá...blá...blá . :(

"Se você tivesse acreditado
na minha brincadeira
de dizer verdades
teria ouvido
verdades que teimo
em dizer brincando
falei muitas vezes 
como o palhaço
mas nunca desacreditei
da seriedade da platéia
que sorria."

(Cris/ 89)

Sonhando desde sempre....

" Se você construiu castelos no ar,
não pense que desperdiçou seu trabalho;
eles estão onde deveriam estar.
Agora construa os alicerces."

(Henry David Thoreau)

Quem é para nós ????


" Escolher o amor é encontrar e descobrir QUEM É PARA NÓS
e não quem é ótima pessoa, ótimo marido, amante
ou namorado ou ótima esposa, amante ou namorada.
Escolher é ter essa rara oportunidade de saber a hora do amor,
ainda que pareça tarde. 
Escolher é exercer a independência, em nome da qual serão aceitas todas as dependências aderentes às relações."

(Artur da Távola) 

Para todos os amores.... 16.04.2014


SABER AMAR

Há os que:
Amam loucamente mas não sabem amar.
Amam um pouco mas não sabem amar.
Não amam mas sabem amar.
Amam e sabem amar.
Sabem de amor porém não sabem amar.
Sabem amar porém não sabem de amor.
Amam e sabem de amor, só não sabem amar.
Amam e não sabem de amor, porém sabem amar.
Amam e não sabem de amor e não sabem amar.
Não amam, sabem de amor e não sabem amar.
Não amam, não sabem de amor mas sabem amar.
Não amam, não sabem de amor e não sabem amar.
Amam, sabem de amor e sabem amar.
E por aí começa a confusão da relação amorosa.
Se tudo fosse: _ "Eu te amo. Você me ama?".
Resposta: "Amo". Seria simples. E foram felizes para o resto da vida!
Todavia, quando tal diálogo acontece e duas pessoas percebem que se amam, a dúvida e a confussão não terminam.
Começam!

"AMAR QUASE SEMPRE ATRAPALHA A SABEDORIA DO AMOR.
PORQUE AMAR É UM ESTADO DE NECESSIDADE ATENDIDA, DE CARÊNCIA COMPENSADA, DE DOAÇÃO EXERCIDA, DE ENTREGA SALVADORA. É INTENSO DEMAIS PARA PODER COABITAR COM A SABEDORIA DO AMOR."

(Artur da Távola)

E vocês... em qual destes dilemas se vêem?

É SOBRETUDO À NOITE... quase toda noite!



É sobretudo à noite que eu mais fico triste
quando o negrume cobre o meu silêncio
e eu solto o que me atormenta

É sobretudo à noite que a custo
planto os sorrisos do dia seguinte
para que me enfeitem
e me vistam com aquilo que não sou
que nunca fui
que não consigo ser

Somo silêncios como quem soma derrotas
como quem colecciona amores
como quem chora desafetos
como quem se lembra de quantos beijos deu
e quantos arrepios lhe correram a pele

É sobretudo à noite que eu me desconstruo
me desmitifico, me solto e me desanraizo
me liberto e fluo
e sou tudo aquilo que no dia seguinte
volto a cobrir
para que ninguém me veja
ninguém me descubra
ninguém suspeite sequer
que por detrás de uma aura de felicidade
está alguém que se veste como a noite
com ela come e comunga
como se ela fosse o melhor dos amantes
o maior dos confidentes
e aquela almofada mais fofa
onde se encostam os sonhos
e se adormece
esperando que o dia de amanhã
seja melhor que aquele que hoje passou

(São Reis)

Apenas sonhando com um simples abraço... 01.04.14


"Onde é que você gostaria de estar agora, nesse exato momento?
Fico pensando nos lugares paradisíacos onde já estive,
 e que não me custaria nada reprisar...
Posso também listar os lugares onde não gostaria de estar:
num leito de hospital, numa fila de banco... (...)
E então? Somando-se os prós e contras, as boas e más opções,
onde afinal, é o melhor lugar do mundo?
Meu palpite: dentro de um abraço.
Dentro de um abraço é sempre quente, é sempre seguro.
Dentro de um abraço não se ouve tic-tac dos relógios e, se faltar luz,
tanto melhor. Tudo o  que você pensa e sofre, dentro de um abraço de dissolve.
O rosto contra o peito de  quem te abraça, as batidas do coração dele e as suas, 
o silêncio que sempre se faz durante esse envolvimento físico:nada há para se reivindicar ou agradecer, dentro de um abraço voz nenhuma se faz necessária, está tudo dito. Que melhor lugar no mundo é melhor para se estar?
(...) mas onde começa o amor , senão dentro de um abraço?
Alguns o consideram como algo sufocante, querem logo se desvencilhar dele.
Até entendo que há momentos em que é preciso estar fora de alcance, livre de qualquer tentáculo. Esse desejo de se manter solto é legítimo, mas HOJE me permita não endossar manifestações de alforria.
*HOJE... somente hoje... queria estar num local aconchegante e naturalmente aquecido: dentro de um abraço que me baste"

(Martha Medeiros)

Independência ... vivendo dela!


" Independência nada mais é do que ter poder de escolha.
Conceder-se a liberdade de ir e vir, atendendo suas necessidades
e vontades próprias, mas sem dispensar a magia de se viver 
um grande amor. Independência não é sinônimo de solidão.
É sinônimo de honestidade:estou onde quero, com quem quero, porque quero."

(Martha Medeiros)

Perguntas me rondam... de respostas que já sei... 01.abril.2014


"Sim, tudo depende da pergunta:
quanto mais profundamente perguntas,
tanto mais veementemente é a resposta;
mas temos receio de perguntar e,
muito mais, de ouvir a resposta e de compreendê-la,
pois isto nos custa esforço e dores;
de outra forma, nada podemos aprender.
Quem pergunta a Deus, a esse ele responde com o Divino."

( Bettina Brentano)

Esperança...resiliência!