Aviso aos navegantes:

"Aqui a casa é ventilada, o coração é quente e as vontades têm a temperatura exata para os sonhos."
Fique à vontade, leve um pouco de mim, deixe um pouco de você. Comente!

Admiração por mim... (N)


Decisão e Destino (N)


Mecanismo do Infinito... jogar para o UNIVERSO! (N)


Meu amigo (N)


Benditos... (N)


Eu quero muito! (N)




♥♥♥ Eu quero crescer. Juro, quero mesmo. 
Quero aprender línguas que não sei.
Quero conhecer novas culturas, povos, lugares.
Quero me desapegar do velho.
Quero não me fechar para as mudanças e para o novo.
Quero dar amor, afinal, é ele a grande essência da vida.
Quero não acumular rancores nem alimentar mágoas.
Quero aprender a me pedir desculpa.
Quero abandonar algumas saudades.
Quero aprender a conviver com o que não posso modificar.
Quero me mover mais e mais e mudar o que está ao meu alcance.
Quero pouco e quero muito.
Quero nada e quero tudo.
Quero esquecer o que precisa ser esquecido
. Quero nunca deixar de sorrir.
Quero aprender a descascar laranja.
Quero perder o medo de trovão.
Quero ir. E vir. Mas nunca, nunca mesmo, deixar de sentir.

(Clarissa Corrêa)

Surpresas de DEUS! (N)

‎"Tem gente que entra na nossa vida de forma providencial 
 e se encaixa naquela história que gosto de imaginar: 
 surpresas que Deus embrulha pra presente 
 e nos envia no anonimato.
 Surpresas que só sabemos de onde vêm 

 porque chegam com o cheiro dele no papel."

* Ana Jácomo *

Lenda dos ÍNDIOS SIOUX



LENDA DOS ÍNDIOS SIOUX

Conta uma lenda dos índios Sioux, que uma vez, Touro Bravo, um jovem guerreiro, e Nuvem Azul, a filha do cacique, chegaram de mãos dadas, até a tenda do velho feiticeiro da tribo...
- Nós nos amamos... e vamos nos casar - disse o jovem. E nos amamos tanto que queremos um feitiço, um conselho, ou um talismã... alguma coisa que nos garanta que poderemos ficar sempre juntos... que nos assegure que estaremos um ao lado do outro até encontrarmos a morte. Há algo que possamos fazer?

E o velho emocionado ao vê-los tão jovens, tão apaixonados e tão ansiosos por uma palavra, disse:
- Tem uma coisa a ser feita, mas é uma tarefa muito difícil e sacrificada...

Tu, Nuvem Azul, deves escalar o monte ao norte dessa aldeia, e apenas com uma rede e tuas mãos, deves caçar o falcão mais vigoroso do monte... e trazê-lo aqui com vida, até o terceiro dia depois da lua cheia.

E tu, Touro Bravo - continuou o feiticeiro - deves escalar a montanha do trono, e lá em cima, encontrarás a mais brava de todas as águias, e somente com as tuas mãos e uma rede, deverás apanhá-la trazendo-a para mim, viva!

Os jovens abraçaram-se com ternura, e logo partiram para cumprir a missão recomendada... no dia estabelecido, à frente da tenda do feiticeiro, os dois esperavam com as aves dentro de um saco.

O velho pediu, que com cuidado as tirassem dos sacos... e viu eram verdadeiramente formosos exemplares...
- E agora o que faremos? - perguntou o jovem

- Agora,disse o feiticeiro, apanhem as aves, e amarrem-nas entre si pelas patas com essas fitas de couro... quando as tiverem amarradas, soltem-nas, para que voem livres...

O guerreiro e a jovem fizeram o que lhes foi ordenado, e soltaram as aves...
A águia e o falcão, tentaram voar mas apenas conseguiram saltar pelo terreno.
Minutos depois, irritadas pela incapacidade do vôo, as aves arremessavam-se entre si, bicando-se até se machucar.

E o velho disse:
- Jamais esqueçam o que estão vendo... este é o meu conselho.
Vocês são como a águia e o falcão... se estiverem amarrados um ao outro, ainda que por amor, não só viverão arrastando-se, como também, cedo ou tarde, começarão a machucar-se um ao outro.

 Se quiserem que o amor entre vocês perdure... voem juntos... mas jamais amarrados.


(Extraído do livro O Poder da Solução de
ROBERTO SHINYASHIKI) 

Incertezas!



Incertezas !!! 

Corre o tempo, como corre o vento...
A névoa da insegurança, não se dissipa em nenhum momento...

Aumenta a cada instante a pressão...
O mundo, a vida exige decisão...

Quem dera achar a saída...
Conter o vento, parar o tempo, mudar de vida...

(De Sueli Rosa)

Se eu pudesse... (N)

Se eu pudesse...

Se eu pudesse, seria o vento...
Envolveria-te a qualquer tempo...
Se eu pudesse, seria a luz...
Traria-te ao caminho, que a mim conduz...
Se eu pudesse, seria a lua...
Encantaria-te para ser somente tua...
Se eu pudesse, seria o amanhecer...
E a cada novo dia, te levaria meu amor conhecer...
Não posso ser o que não sou...
Sou o que sou... Mas aqui estou...
Totalmente entregue...
Aaaaaa mas... se eu PUDESSE...

(De Sueli Rosa)

Simplesmente Saudades... Posso??? (N)



Simplesmente saudades...

Saudades, palavra tão carregada de sentidos...
E todos seus sonhos ficam perdidos...
Pensamentos persistentes...
Ficaram voando, rondando minha mente...
Lembranças de conversas, olhares, sorrisos...
Tudo fica a voltar, num imenso improviso...
È tão forte que até o perfume, o aroma, pode-se sentir...
Que vazio é esse que queima sem estar aqui...
O dia passa ligeiro, tentando distrair...
A noite passa lenta, doendo de saudades de ti...

(De Sueli Rosa)

Desejo... Sueli Rosa

Desejo

Finge que se afasta mas me atrai.
Finge indiferença, mas me observa.
Finge que me abandona, mas volta atrás.
...Finge que não liga mas se preocupa.
Se faz de difícil, mas me envolve.
Fica querendo não me querer, mas me desejando.
Me deixa solta, mas me protege.
E assim vai seduzindo...jogando.
Quando percebo fico perdida em você e entregue...
Entregue neste teu louco sentir... inebriante desejo de mim...

(Sueli Rosa)

Esperando... (N)

Esperando...

Corpo se delicia com pensamentos teus...
Imaginação corre, com desejos meus...
Pele macia quente, pedindo carinhos...
Mãos faceiras e encantadoras anseiam percorrer teus caminhos...
Vontade pulsando em seu interior...
Com essa chama fogo abrasador...
Salta do peito suspiros profundos...
Explodindo por dentro, o querer deste teu mundo...
Cada curva, cada pedacinho, queimando feito brasa...
A esperar seu amor lhe pousar com suas asas...
Quando despertar, verá que estava apenas sonhando...
Voltará a dormir e continuará esperando...

(Sueli Rosa)

Soneto Sem FIM...



Sem fim...

Se sozinha ficar, vai me fazer companhia...
Cuidará de mim quando adoecer...
Esquentará meus pés em noites frias...
Me fará sorrir, quando a vida me entristecer...

Me abraçará, e quando houver perigo irá me proteger...
Vindo a angustia, irá segurar minha mão até a dor passar...
No frio de momentos difíceis, usará teu corpo para me aquecer...
Se o medo vier, irá sempre me encorajar...

Mesmo o tempo marcando o corpo, a real beleza encontrará...
Verá o por do sol, e admirará as estrelas ao meu lado...
O dia mau e cinzento compreenderá...

Serei para ti, o que serás para mim...
Porque será sempre meu sonho desejado...
E este nosso amor, não terá fim...



 
Soneto (by Sueli Rosa)

Mágoa... Vamos dissolvê-las?????

                            Mágoa lembra má água, ou seja,água parada que apodrece. 
                                        Mágoa são sentimentos que retemos 
                                        e que só fazem mal para nós mesmos.

Oração de Chico Xavier


Prefiro!


Perder ou ganhar?

"Não importa o que (ou quanto) você queira perder ou ganhar: 
  enquanto for mais apaixonada pelas suas desculpas que pelos seus sonhos, 
  você não vai conseguir. " (Priscilla de Sá)

Saudades de mim (N)






                           ‎"Se o amor é sentir saudade do outro,
                                 a separação vem quando a gente

                                     sente saudade de si." (Carpinejar)

Ama-me! (N)

    


                  ‎"Daqui a pouco tudo vai ser passado mesmo. 
                  Deixa o vento soprar ."


                                      (Caio Fernando Abreu)

Liberdade! (N)

  
    "A liberdade não tem qualquer valor se não inclui a liberdade de errar." 

                                           (Mahatma Gandhi)

Inesquecível e Inédito (N)



Uma pessoa não precisa estar a vida inteira ao seu lado 
para se tornar única e inesquecível.

- Caio Fernando Abreu

Dalai Lama


Bençãos da Maturidade! (N)


Pra valer ! (N)


Oração para todos os dias! (N)


Arriscar ou não??? SIM, SEMPRE, pra mim! (N)

                             Quem não arrisca, não petisca... não é verdade?:-)


Relacionamentos em foco! (N)


                                    Distancia não destrói relacionamentos. 


                               Duvidar do amor e não confiar no outro sim!

                                                                        (J.M
 )

O melhor perfume que fica! (N)


Ter / Esperar...


EU SOU FELIZ! (N)


Convite aceito ! (N)


Anjo Meu ! (N)*

                  APRENDI  A PRESTAR ATENÇÃO COM UM ANJO BOM, DE ALMA LINDA!* 

Meu abraço! (N)


Crescer na vida e não só passar por ela! (N)


O que é bom na vida, é que chega um momento em que olhas para trás 


e percebes que tudo o que te fez sofrer no passado, fez-te forte no presente! Tudo vale a pena, até os piores momentos que passas...

(J.M.)
 

Vem pra mim !! (N)


Meu olhar ...(N)



Meus olhos brilham para ti, com uma sinceridade tremenda.
Vivo um momento perfeito contigo!!!!


(SARAMAGO)

Apenas tentei te dizer... (N)

            Tentei lhe dizer muitas coisas, mais acabei descobrindo 
              que amar é muito mais sentir do que dizer.
                 E milhões de frases bonitas,
                      jamais alcançariam o que eu sinto por você.

                                   (José Saramago)

Medo e dor...

  
                         " O medo é a dor causada pela expectativa do mal "(Aristóteles)

Eis-me aqui: VIVA! (N)



Precário, provisório, perecível;
Falível, transitório, transitivo;
Efêmero, fugaz e passageiro
Impuro, imperfeito, impermanente;
Incerto, incompleto, inconstante;
Instável, variável, defectivo;
Não feito, não perfeito, não completo;
Não satisfeito nunca, não contente;
Não acabado, não definitivo
Eis-me aqui.
Vivo.

Caio Fernando Abreu

Bendito sejas, meu coração! Gibran



" ... Quantas vezes amei o que os homens odeiam, e odiei o que eles amam...
  Minhas estações só produziram papéis pintados e desenhos estranhos, 
  feitos de linhas e cores desarmônicas. 
  Nesses papéis e desenhos, enterrei meus pensamentos e emoções e sonhos,
  como o semeador enterra as sementes na terra.
  E ... eu semeei os grãos de meu coração, sem esperança e sem expectativa.
  Contudo, sinto a existência desta vida que brotou, deste átomo, desta alma,
  deste ser que chamo EU.
  Bendito sejas, CORAÇÃO, porque não podes escarnecer da paz quando estás
  em lágrimas. 
  E bendito sejais, ó lábios, porque falais da paz enquanto bebeis o fel. "


  [Gibran K. Gibran)

Confissão! (N)

"Firme e piadista por fora…mas assustadíssima e carentíssima por dentro."




(Tati Bernardi)

Quero... muito!


                                              Não quero mais seu carinho em parcelas.
                                              Quero tudo à vista, ou nada feito.

                                                         [Caio Augusto Leite]

Laços e Limites (N)

                                  Pudesse eu não ter laços nem limites 
                                  Ó vida de mil faces transbordantes 
                                  Para poder responder aos teus convites 
                                  Suspensos na surpresa dos instantes!


                                  (Sophia de Mello Breyner Andresen)

Lição de casa pessoal (N)



Temos um dever na vida, dever de sonhar e ser feliz,
buscar seja onde for, como for, a chamada felicidade.
E assistir a um fabuloso espetáculo encenado por si mesmo, 

pois somos expectadores de nós. 
Fazer o melhor espetáculo é dever, como é dever construir seu palco, inventar um cenário onde vai poder viver o seu sonho e ser feliz. 
Se as luzes são brandas, as músicas suaves, cada um escolhe como quer,
cada um constrói. O que conta mesmo é usar bem o seu livre o arbítrio!!
O que conta mesmo, é tentar ser FELIZ !!!!

MUDE ... Edson Marques (N)*

MUDE

Sente-se em outra cadeira, no outro lado da mesa. Mais tarde, mude de mesa.
Quando sair, procure andar pelo outro lado da rua. Depois, mude de caminho, ande por outras ruas, calmamente, observando com atenção os lugares por onde você passa.
Tome outros ônibus.
Mude por uns tempos o estilo das roupas. Dê os seus sapatos velhos. Procure andar descalço alguns dias.

 Tire uma tarde inteira para passear livremente na praia, ou no parque, e ouvir o canto dos passarinhos.
Veja o mundo de outras perspectivas.
Abra e feche as gavetas e portas com a mão esquerda. 

Durma no outro lado da cama... 
Depois, procure dormir em outras camas. 
Assista a outros programas de tv, compre outros jornais... leia outros livros.
Viva outros romances.
Não faça do hábito um estilo de vida. Ame a novidade. Durma mais tarde. Durma mais cedo.
Aprenda uma palavra nova por dia numa outra língua.
Corrija a postura.
Coma um pouco menos, escolha comidas diferentes, novos temperos, novas cores, novas delícias.
Tente o novo todo dia. O novo lado, o novo método, o novo sabor, o novo jeito, o novo prazer, o novo amor.
A nova vida. Tente. Busque novos amigos. Tente novos amores. Faça novas relações.
Almoce em outros locais, vá a outros restaurantes, tome outro tipo de bebida, compre pão em outra padaria.
Almoce mais cedo, jante mais tarde ou vice-versa.
Escolha outro mercado... outra marca de sabonete, outro creme dental... Tome banho em novos horários.
Use canetas de outras cores. Vá passear em outros lugares.
Ame muito, cada vez mais, de modos diferentes.
Troque de bolsa, de carteira, de malas, troque de carro, compre novos óculos, escreva outras poesias.
Jogue os velhos relógios, quebre delicadamente esses horrorosos despertadores.
Abra conta em outro banco. Vá a outros cinemas, outros cabeleireiros, outros teatros, visite novos museus.
Mude.
Lembre-se de que a Vida é uma só. E pense seriamente em arrumar um outro emprego, uma nova ocupação, um trabalho mais light, mais prazeroso, mais digno, mais humano.
Se você não encontrar razões para ser livre, invente-as. Seja criativo.
E aproveite para fazer uma viagem despretensiosa, longa, se possível sem destino. 

Experimente coisas novas. Troque novamente. Mude, de novo. Experimente outra vez.
Você certamente conhecerá coisas melhores e coisas piores do que as já conhecidas, mas não é isso o que importa.
O mais importante é a mudança, o movimento, o dinamismo, a energia.

Só o que está morto não muda!
Repito por pura alegria de viver: a salvação é pelo risco, sem o qual a vida não vale a pena!

(Clarice Lispector)

SEMEANDO A DOÇURA (N)



Doçura é a maestria dos sentidos. 
Olhos que vêem no fundo das coisas, 

ouvidos que escutam o coração das coisas,
lábios que falam apenas a essência das coisas.
Doçura é o resultado de uma longa jornada interior 

ao âmago da vida e a habilidade de lá permanecer e observar.
A doçura procura pelo bem nas coisas, pois no seu coração

reside a convicção de que o bem existe em algum lugar em tudo, 
é só ter paciência para descobri-lo.

(Brahma Kumaris)

Sou do bem e você?? (N)

                       "Eu sou tão do bem que se você me deseja o mal, 



                        eu te desejo amor, paz e sacanagem em exagero."

Sou mar agitado! (N)



Sou toda à flor da pele. 
Não sei a paz que é não sentir nada. 
Vivo sentindo tudo, e é tudo muito intenso. 
Como se houvesse dentro de mim um mar, 
e esse mar estivesse sempre com a maré alta. 
Pura agitação.

Suposições venenosas!

A suposição é o mais insidioso e poderoso veneno 
para acabar com os relacionamentos. 
O único antídoto são as palavras. 
Jamais suponha. 
Sempre pergunte. 


(Aldo Novak)