Aviso aos navegantes:

"Aqui a casa é ventilada, o coração é quente e as vontades têm a temperatura exata para os sonhos."
Fique à vontade, leve um pouco de mim, deixe um pouco de você. Comente!

Pontes para o sempre... (N) 29/02/2012


                        "Pra mim é amor e daqueles que nascem estilo ponte 
                            eternamente em busca de um recanto de paz 
                                e sossego de almas que se reencontraram 
                                    no mesmo caminho um dia percorrido. 
                               Isso é só para poucos corajosos, que ousaram buscar.
                                                Te amo, tem jeito não! " (Bella Cris)

Amor de fato! (N)

"O amor não prende, liberta! 
 Ame porque isso faz bem a você, não por esperar algo em troca. 
 Criar expectativas demais pode gerar decepções. 
 Quem ama de verdade, sem apego, sem cobranças, 
 conquista o carinho verdadeiro das pessoas".



(Chico Xavier)

Vinícius sabia viver.... aprendamos! (N)

                                             E a coisa mais divina
                                             Que há no mundo
                                             É viver cada segundo
                                             Como nunca mais...

                                              (Vinícius de Moraes)

Tempo... e ação....(N)


Pessoas e músicas....(N)


Sou feliz...


Escolhas ...


Acreditar é celebrar o dom de viver


V....ida... linda!


Doce viver... (N)


Não importa... o que vale é o sentir !! ** (N)


Capacidade de amar...


Acenda sua alma... (N)


Réu confesso... (N)


Condição de entrega... soltos


Presente divino....(N)


Amar... (N)


Eu e meus avessos... Fábio de Melo






" Quando digo o que sou,
   de alguma forma eu o 
   faço para também dizer
   o que não sou.

   O "não ser está no avesso 
   do ser", assim como o tecido
   só é tecido porque há um avesso 
   que o nega, não sendo outro,
   mas complementando-o.


   O que não sou também 
   é uma forma de ser.


   EU SOU EU E MEUS AVESSOS"


  [Fábio de Melo]

Um amor puro... Djavan...(N)

Um Amor Puro
O que há dentro do meu coração
Eu tenho guardado pra te dar
E todas as horas que o tempo
Tem pra me conceder
São tuas até morrer
E a tua história, eu não sei
Mas me diga só o que for bom
Um amor tão puro que ainda nem sabe
A força que tem
é teu e de mais ninguém
Te adoro em tudo, tudo, tudo
Quero mais que tudo, tudo, tudo
Te amar sem limites
Viver uma grande história
Aqui ou noutro lugar
Que pode ser feio ou bonito
Se nós estivermos juntos
Haverá um céu azul
Um amor puro
Não sabe a força que tem
Meu amor eu juro
É  teu e de mais ninguém
Um amor puro

Tenha Calma... Djavan...

                                          Meu amor não te ausentes de mim, para minha paz!

TABACARIA... FERNANDO PESSOA

 TABACARIA


FIZ DE MIM O QUE NÃO SOUBE
E O QUE PODIA FAZER DE MIM NÃO O FIZ.
O DOMINÓ QUE VESTI ERRADO.
CONHECERAM-ME LOGO POR QUEM NÃO ERA
E NÃO DESMENTI, E PERDI-ME.
QUANDO QUIS TIRAR A MÁSCARA,
ESTAVA PREGADA À CARA.
QUANDO A TIREI E ME VI AO ESPELHO,
JÁ TINHA ENVELHECIDO.
ESTAVA BÊBADO, JÁ NÃO SABIA VESTIR O DOMINÓ
QUE NÃO TINHA TIRADO.
DEITEI A MÁSCARA E DORMI NO VESTIÁRIO
COMO UM CÃO TOLERADO PELA GERÊNCIA
POR SER INOFENSIVO
EU VOU ESCREVER ESTA HISTÓRIA PARA PROVAR
QUE SOU SUBLIME


[FERNANDO PESSOA]

Paz... Brahma Kumaris


Paz

O estado de paz não depende de onde estou, com quem estou, mas fundamentalmente de como estou. É possível manter a mesma tranquilidade tanto num congestionamento de trânsito quanto numa bela praia deserta porque a paz está dentro de mim. Ela é a saúde normal do ser.
Mas quando me sinto ansioso, preocupado ou nervoso tenho a nítida percepção de que estou desalinhado. É a memória eterna sinalizando que saí da minha posição natural de paz.

Paz é energia. Uma força pura que penetra a casca do caos e coloca coisas e pessoas em uma ordem equilibrada. Exercer o poder da paz abarca o princípio fundamental da espiritualidade: olhar para dentro a fim de olhar para fora com coragem, propósito e significado.
E de quem é essa responsabilidade?
Pode aquele que permanece sem paz ser um instrumento para a paz?
A intensidade da ação depende da autenticidade da pessoa.

* Extraído do livro "A Paz de Todo Dia - volume 1”, publicado pela Editora Brahma Kumaris

Receita da Dona Cacilda...

Receita de Dona Cacilda
 
 Dona Cacilda é uma senhora de 92 anos, miúda, e tão elegante, que todo dia
 às 8 da manhã já está toda arrumada, bem penteada e discretamente
 maquiada, apesar de sua pouca visão.Ela diz: 
_ Sabe, eu posso passar o dia inteiro na cama, contando as dificuldades que
 tenho em certas partes do meu corpo que não funcionam bem...
 Ou posso levantar da cama agradecendo pelas outras partes que ainda me
 obedecem.
 - Simples assim?
 - Nem tanto; isto é para quem tem autocontrole e exigiu de mim um certo
 "treino" pelos anos a fora, mas é bom saber que ainda posso dirigir meus
 pensamentos e escolher, em conseqüência, os sentimentos.
 Calmamente ela continuou:

- Cada dia é um presente, e enquanto meus olhos se abrirem, vou focalizar o
 novo dia, mas também as lembranças alegres que eu guardei para esta época da
 vida.A velhice é como uma conta bancária: você só retira aquilo que guardou.
 Então, meu conselho para você é depositar um monte de alegrias e felicidades
 na sua Conta de Lembranças.. E, aliás, obrigada por este seu depósito no meu
 Banco de lembranças. Como você vê, eu ainda continuo depositando e acredito
 que, por mais complexa que seja a vida, sábio é quem a simplifica...

 Depois me pediu para anotar, como manter-se JOVEM:
 
 1. Deixe fora os números que não são essenciais. Isto inclui a idade, o peso
 e a altura. Deixe que os médicos se preocupem com isso.
 
 2. Mantenha só os amigos divertidos. Os depressivos puxam para baixo.
 (Lembre-se disto se for um desses depressivos!)
 
 3. Aprenda sempre:
 Aprenda mais sobre computadores, artes, jardinagem, o que quer que seja. Não
 deixe que o cérebro se torne preguiçoso.
 'Uma mente preguiçosa é oficina do Alemão.'E o nome do Alemão é Alzheimer!
 
 4. Aprecie mais as pequenas coisas
 
 5. Ria muitas vezes, durante muito tempo e alto. Ria até lhe faltar o ar.
 E se tiver um amigo que o faça rir, passe muito e muito tempo com ele / ela!
 
 6. Quando as lágrimas aparecerem:  aguente, sofra e ultrapasse.
 A única pessoa que fica conosco toda a nossa vida somos nós próprios.
 VIVA enquanto estiver vivo.
 
 7. Rodeie-se das coisas que ama:
 Quer seja a família, animais, plantas, hobbies, o que quer que seja.
 O seu lar é o seu refugio.
 
 8. Tome cuidado com a sua saúde:
 Se é boa, mantenha-a..
 Se é instável, melhore-a.
 Se não consegue melhora-la , procure ajuda.
 
 9. Não faça viagens de culpa.. Faça uma viagem ao centro comercial, até a um
 país diferente, mas NÃO para onde haja culpa. 
 
 10. Diga às pessoas que ama que as ama a cada oportunidade!
 

Nada mais ou menos ou morno....não dá!!!!!


“A gente pode morar numa casa mais ou menos, numa rua mais ou menos, numa cidade mais ou menos, e até ter um governo mais ou menos.
 A gente pode dormir numa cama mais ou menos, comer um feijão mais ou menos, ter um transporte mais ou menos, e até ser obrigado a acreditar mais ou menos no futuro.
 A gente pode olhar em volta e sentir que tudo está mais ou menos...
 TUDO BEM!
 O que a gente não pode mesmo, nunca, de jeito nenhum...
é amar mais ou menos, sonhar mais ou menos, ser amigo mais ou menos, namorar mais ou menos, ter fé mais ou menos, e acreditar mais ou menos.
 Senão a gente corre o risco de se tornar uma pessoa mais ou menos.”

 (Chico Xavier)

Preciso de você... meu farol... (N)*


O Anjo Mais Velho O Teatro Mágico

"O dia mente a cor da noite
E o diamante a cor dos olhos
Os olhos mentem dia e noite a dor da gente"

Enquanto houver você do outro lado
Aqui do outro eu consigo me orientar
A cena repete a cena se inverte
Enchendo a minha alma daquilo que outrora eu deixei de acreditar

Tua palavra, tua história
Tua verdade fazendo escola
E tua ausência fazendo silêncio em todo lugar

Metade de mim
Agora é assim
De um lado a poesia o verbo a saudade
Do outro a luta, a força e a coragem pra chegar no fim
E o fim é belo incerto... Depende de como você vê
O novo, o credo, a fé que você deposita em você e só

Só enquanto eu respirar
Vou me lembrar de você
Só enquanto eu respirar..


Só enquanto eu respirar
Vou me lembrar de você
Só enquanto eu respirar..

Enquanto houver você do outro lado
Aqui do outro eu consigo me orientar
A cena repete a cena se inverte
Enchendo a minha alma d'aquilo que outrora eu deixei de acreditar

Tua palavra, tua história
Tua verdade fazendo escola
E tua ausência fazendo silêncio em todo lugar

Metade de mim
Agora é assim
De um lado a poesia o verbo a saudade
Do outro a luta, a força e a coragem pra chegar no fim
E o fim é belo incerto... Depende de como você vê
O novo, o credo, a fé que você deposita em você e só

Só enquanto eu respirar
Vou me lembrar de você
Só enquanto eu respirar...

Só enquanto eu respirar
Vou me lembrar de você
Só enquanto eu respirar..

E o fim é belo incerto... Depende de como você vê
O novo, o credo, a fé que você deposita em você e só

Só enquanto eu respirar
Vou me lembrar de você
Só enquanto eu respirar..

Só enquanto eu respirar
Vou me lembrar de você
Só enquanto eu respirar.. 


http://www.vagalume.com.br/o-teatro-magico/o-anjo-mais-velho.html#ixzz1nV1bvkoU

Tatuagem... (N)

                                                   Você é minha tatuagem, não tem volta!

Ficar... (N)*


Felicidade!

Felicidade?
Disse o mais tolo: "Felicidade não existe."
O intelectual: "Não no sentido lato."
O empresário: "Desde que haja lucro."
O operário: "Sem emprego, nem pensar!"
O cientista: "Ainda será descoberta."
O místico: "Está escrito nas estrelas."
O político: "Poder"
A igreja: "Sem tristeza? Impossível.... (Amém)"
O poeta riu de todos,
E por alguns minutos...
Foi feliz! 



[O Teatro Mágico]

Você me bagunça ...



VOCÊ ME BAGUNÇA

Você me bagunça e tumultua tudo em mim
Essa moça ousa, musa, abusa de todo meu sim
Você me bagunça e tumultua tudo em mim
E ainda joga baixo, eu acho, nem sei,
Só sei que foi assim
Assimila, dissimula, afronta, apronta, diz: "carrega-me nos abraços"
Lapida-me a pedra bruta, insulta, assalta-me os textos, os traços
Me desapropria o rumo, o prumo, juro me padeço com você
Me desassossega, rega a alma, roga a calma em minha travessia
Outro "porquê"
Parece que o coração carece e diz: "pára!" Silencia.
Se embrulha e se embaralha,
Reconsiderar o ar, o andar , nossa absolvição, a escuta e a fala
Nos amorizar o dia, fio, corredor, a calçada, o passeio e a sala
Se perder sem se podar e se importar comigo
Aprender você sem te prender comigo
Difícil precisar quanto preciso
Difícil precisar quanto preciso..

[O Teatro Mágico]

Amor nunca é demais...(N)


Amor acessível!


Coragem....


Reciclar é preciso!


Prescrição para alma... (N)

                                               Minha prescrição para dores de alma! 

Conte comigo e eu com você! (N)

                                            Ninguém está à toa na vida de ninguém!

Para todo sempre...


Sem desculpas...


O Poder do Agora...


Atenção...


Esperar... (N)


Tão perto e tão distantes... :(


Doçuras inéditas... (N)


Sinceridade...


Meu mundinho...



              "Não sou para todos. Gosto muito do meu mundinho.
              Ele é cheio de surpresas, palavras soltas e cores misturadas. 
             Às vezes tem um céu azul, outras tempestade. 
             Lá dentro cabem sonhos de todos os tamanhos. 
             Mas não cabe muita gente. 
             Todas as pessoas que estão dentro dele não estão por acaso.
             São necessárias."

Sinto forte... (N)**

                          Eu sinto-te em todos os lugares que eu vou, 
                        sinto a tua vida presente na minha 
                        e sinto que não consigo mais viver sem você ... ♥ (N)*

Atitude



De repente... sinto por ti !!! (N)


Confiança... (N)


Querer... (N)

‎"Eu quero mesmo é alguém me faça mudar completamente de opinião..
Que faça meu corpo querer companhia 

nos momentos em que minha mente insiste pela solidão.” *-*

(Caio F. Abreu)

Deus... em nossas vidas....


Portas do meu coração! (N)